Category: My Blog

Como se preparar para a prova do Encceja em 5 passos

O Encceja é um exame o qual tem como principal objetivo certifica todos os cidadãos brasileiros que não concluíram o Ensino Fundamental ou Médio na idade correta. Para isso, é necessário que os interessados realizem suas inscrições Encceja 2020 e na data marcada realizem a prova.

Após os resultados, aqueles que obtiveram notas na média poderão ter em mãos o diploma de conclusão. A seguir, confira 5 passos para se preparar para a prova do Encceja!

5 Passos para se preparar para a prova do Encceja 

Deseja se preparar para o Encceja? Então continue nos acompanhando e confira as melhores dicas para se sair bem neste exame e ter em mãos o seu diploma de conclusão do Ensino Fundamental ou Médio!

1. Crie um Cronograma de Estudos 

Seja lá qual prova você for prestar, é de suma importância criar um cronograma de estudos. E não é diferente com o Encceja. 

Sabemos que é difícil encontrar um tempo disponível entre as muitas tarefas de casa, trabalho e o cuidado com a família. Mas, para obter bons resultados devemos ter uma rotina de estudos.

Elabore um cronograma com todos os materiais cobrados, os quais estarão disponíveis nas apostilas Encceja 2020 divulgadas no site oficial do Inep. Separe um tempo de no mínimo 30 minutos por dia e foque nos principais conteúdos. 

2. Foque em estudar os principais conteúdos cobrados 

Assim como já mencionamos anteriormente, no site oficial do Inep estão disponíveis vária apostilas com os conteúdos cobrados na prova do Encceja. Lá, é possível que o participante verifique os materiais que vão ser cobrados, seja eles para o Ensino Fundamental ou Médio. 

Como a prova contém 120 questões, sendo dividida em 4 matérias (30 questões para cada), é importante que você foque nos principais conteúdos. 

3. Resolva questões de provas anteriores do Encceja 

Uma boa tática para fixar os assuntos é respondendo questões de provas, ainda mais quando se tem provas anteriores do mesmo exame. É claro que não cai as mesmas questões, mas ai dá para se ter uma noção de como funciona a prova e de como as questões são elaboradas. 

No site do Inep também é possível ter acesso a provas passadas. 

4. Leia e Pratique Redação 

Além da prova objetiva, com 120 questões no total, a prova do Encceja cobra aos participantes que elabore uma redação de acordo com o tema proposto. Sendo assim, é de suma importância praticar o quanto puder antes do dia do exame. 

Também é válido ficar atento(a) aos jornais e assuntos da atualidade, pois o tema proposto na maioria das edições foram de assuntos da atualidade. 

Veja a seguir, os temas mais prováveis:

  • Redes Sociais;
  • Questões Religiosas;
  • Recursos naturais;
  • Sexualidade;
  • Poluição do Meio Ambiente;
  • Performance do atual presidente do EUA.;
  • Mobilidade Urbana;
  • Redução da maioridade penal;
  • Desigualdade social;
  • Avanço da tecnologia;
  • Violência contra a mulher;
  • Igualdade salarial entre homem e mulher;
  • Entre outros.

5. Descanse no dia anterior à prova

Para se sair bem em qualquer prova é importante que o candidato esteja bem emocionalmente. Sendo assim, descansar um dia antes ao exame pode ajudar bastante a obter boas notas. 

Confira algumas dicas que vai lhe ajudar a manter a calma:

  • Tenha uma boa noite de sono (com no mínimo 8 horas);
  • Faça uma leve caminhada;
  • Faça uma refeição saudável;
  • Evite o consumo e bebidas alcoólicas. 

Como chegar a nota 1000 nas redações do ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio é um exame extremamente importante para quem almeja entrar na universidade com uma bolsa de estudos. A prova do Enem é composta por 180 questões que são realizadas em dois domingos consecutivo. Também é requirido dos candidatos a entrega de uma prova de redação. Esta etapa do Enem é muito importante e se você quer ser um aluno nota 1000, veja as dicas a seguir e saiba como:

Confira possíveis temas

Todo ano o tema da redação é novo e totalmente desconhecido para quem vai realizar a prova do Enem. Por isso, vale a pena começar a se preparar. Uma dica interessante é ler sobre tudo um pouco. Sabe aquelas notícias que viraram um grande questionamento e dividiram as pessoas em opiniões? Bem, este é uma grande possibilidade de proposta de redação.

Este ano tivemos questões interessantes, então além de estar super informado sobre os assunto, é recomendado que você dê uma conferida nos prováveis temas da Redação 2020.

Responda às redações anteriores

Nada melhor para praticar a redação do Enem do que usar as próprias folhas de redação parra isso. Todo candidato precisa se preparar se quiser arrasar nesta etapa da prova, então a dica é que você refaça versões anteriores do Enem.

Assim, você estará familiarizado com as propostas ofertadas para que você desenvolva os seus argumentos. Além de claro, estar praticando a sua organização de texto e escrita.

Quer mais informações? Saiba de tudo do Enem em: https://enem2020.blog.br/

Estude as redações nota 1000

Alguns estudantes já conquistaram a proeza de atingir pontuação máxima no Enem e você ode utilizar isso como um recurso de estudo. Separe as redações, que você pode encontrar na internet, e pontue o que elas tem em comum.

Use o modelo para tentar estabelecer o seu tipo de texto, mas lembre-se que um dos pontos de avaliação do exame é a criatividade e você não deve “copiar” os textos, e sim usá-los como base.

Esteja a par da língua portuguesa

Tudo que você deverá dizer em sua proposta de redação precisa estar dentro das normas cultas da língua portuguesa. Então, não adianta adiar! Você terá que saber usar o português mais formal.

Acentuação e regras gramaticais são fundamentais, entretanto, a interpretação e o poder argumentativo também são. Você pode assistir a algumas aulas de português no Youtube ou ler o máximo que puder. Quem lê muito, escreve bem e sabe se expressar!

Não fiz o ENEM, e agora? Conheça alternativas para conseguir uma bolsa sem precisar do ENEM

Quem acha que o Enem é a única opção do estudante que saiu do ensino médio ou que está em busca da sua primeira faculdade, está muito enganado! Ainda que o exame seja a forma mais tradicional e ingressar no ensino superior, vale lembrar que existem outras opções para você que não participou da prova. Saiba quais são elas a seguir!

Educa Mais Brasil

O que é?

O Educa Mais Brasil é um dos programas que mais auxilia estudantes a conquistarem o seu tão sonhado diploma. S ofertas de bolsas do são realizadas na plataforma digital do programa e você pode achar a melhor opção para você!

Quem pode participar?

A inciativa visa beneficiar os estudantes de baixa renda, que não podem cumprir com o custo integral, por isso a exigência é socioeconômica. Esta é uma inciativa gratuita e a exigência é somente que o estudante contribua com a primeira mensalidade do seu curso integralmente.

Como me inscrever?

Ficou interessado? Bem, você pode ser o próximo bolsista do Educa Mais Brasil 2020 se inscrevendo no site oficial. O cadastro é simples e online, basta você encontrar a melhor oferta para você, fazer a sua matrícula e esperar a sua aprovação. Quando a equipe confirmar o pagamento da matrícula integral, você será beneficiado pelo desconto do programa.

Quero Bolsa

O que é?

Uma outra opção para começar a estudar já e sem precisar participar do Enem é utilizar o Quero Bolsa 2020O programa também efetua ofertas de cursos em seu site.

Quem pode participar?

O Quero Bolsa é direcionado aos estudantes que não podem custear o seu curso e estão em busca da sua primeira formação. Quem estiver de acordo com este parâmetros pode se cadastrar no programa.

Como me inscrever?

Para se inscrever, você deve acessar o site oficial do Quero Bolsa, fornecer a sua localização para encontrar a sua bolsa ideal e realizar o seu cadastro online.

Pronatec

O que é?

O Pronatec é uma opção diferenciada para você começar a estudar, pois é voltada para a distribuição de vagas no ensino técnico. Geralmente, os cursos duram de dois a três anos.

Quem pode participar?

De acordo com o regulamento do programa, estudantes matriculados ou que já concluíram a educação básica na escola pública podem se inscrever. Alunos de escola particular na condição de bolsista integral também podem concorrer às vagas.

Como me inscrever?

Os interessados deverão se inscrever no período de lançamento do edital para o Pronatec. É preciso acessar o site do programa neste período e cadastrar os seus dados.

Cursos gratuitos online para aprender a declarar o imposto de renda

O imposto de renda é uma taxa muito importante para o Governo. Além da taxa, é preciso que o contribuinte declare alguns valores. O IR possui termos, informações e cálculos que devem ser efetuados de maneira cuidadosa. Por isso, muitas pessoas preferem optar por um curso antes de realizar a declaração. Para a aprender a realizar o seu imposto de renda, veja a seguir alguns cursos gratuitos online.

O Imposto de renda divide-se em duas categorias. Para as empresas, esta declaração é o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica (IRPJ), quando para os outros contribuintes, é o Imposto de Renda para Pessoa física.

Ambos requerem a declaração dos rendimentos tributáveis do último ano. Quem precisa fazer o imposto de renda, deve estar atento às informações.

Quem não vai contratar um contador ou não sabe realizar o IRPF 2019pode fazer um curso online com custo zero e assim, evitar irregularidades com a Receita Federal.

Unieducar

A Unieducar é uma instituição de ensino que oferece diversos cursos online. Um destes cursos é o Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – DIRPF – IRPF.

A formação tem como objetivo capacitar as Pessoas Físicas para que possam realizar a sua declaração através de videoaulas e instruções da tutoria.

O curso tem ótimos índices de avaliação e promete ensinar o passo a passo de uma declaração do imposto de renda 2019. O certificado é oferecido online e os participantes terão acesso a conteúdo exclusivo e interativo.

CEFIS

A instituição CEFIS também proporciona o curo para aprender a declarar o seu imposto de renda. A formação possui bons índices de qualidade de ensino.

Os conteúdos são divididos cuidadosamente entre tópicos importantes e repassados durante a carga horário do mesmo. Vale lembrar que os cursos do CEFIS proporcionam certificado.

Quem quer se inscrever para o curso para a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física pode experienciar a formação de maneira gratuita no site.

FGV

A FGV possui destaque entre os cursos online e a instituição também oferece o curso para quem quer aprender a declarar o seu imposto de renda.

O curso não possui pré-requisito e possui 30 horas de carga horária distribuídas em 9 semanas de capacitação. Qualquer contribuinte pode adquirir seu certificado se inscrevendo.

Você pode se inscrever para os cursos da FGV durante o período indicado. Para mais informações visite o site oficial e ative aos alertas para cursos disponíveis.

Perdi meu cartão cidadão, e agora?

O cartão cidadão é um recurso desenvolvido pelo Governo Federal junto a Caixa Econômica Federal para proporcionar o fácil acesso a  alguns benefícios. Este recurso é muito importante e pode simplificar a vida do beneficiário Mas o que acontece em caso de perda do cartão? Se isso ocorreu a você, leia o texto a seguir e saiba qual procedimento tomar.

Como funciona o cartão cidadão?

O cartão cidadão é um recurso que propõe facilidade e segurança para quem precisa dele. Geralmente, o cartão é utilizado para lidar com direitos trabalhistas como o seguro desemprego, o FGTS, o PIS 2019entre outros.

Vale lembrar que o cartão também pode ser utilizado no caso do recebimento da Bolsa Família, programa de transferência de renda que auxilia famílias em situação de pobreza.

O cartão permite que todos estes benefícios sejam acessados no mesmo lugar e que você tenha fácil saque, extrato, entre outros. Esta facilidade pode ser solicitada por quem tem valores como os mencionados a receber.

Quais os benefícios do cartão cidadão?

Como você já deve ter percebido, o maior intuito do carão cidadão é facilitar o acesso a alguns benefícios trabalhistas e programas sociais. Este instrumento é de uso individual, ou seja, só a pessoa que solicitou e colocou seu nome no cartão pode acessar.

Este cartão evita filas nas agências bancárias, pois permite que você receba os seus direitos de forma simples através do recurso. Então, se você já verificou a tabela do PIS 2019e está ciente que vai receber o seu abono salarial, basta ficar atento aos lotes de pagamento e sacar em qualquer caixa eletrônico.

Quem já sabe do valor do PIS, do seguro desemprego, do Bolsa Família ou do FGTS, pode fazer o saque e emitir extrato com o cartão cidadão. Basta ficar atento às datas e realizar o saque!

Como tirar a segunda via do cartão?

Se você perdeu ou danificou o seu cartão cidadão e precisa fazer a sua segunda via, não se preocupe! Você pode fazer o procedimento por telefone, por exemplo.

Você solicita pelo telefone e pode emitir a segunda via direto em uma agência da Caixa Econômica Federal. Tenha em mãos a sua carteira de identidade ou carteira de motorista, CPF e carteira de trabalho.

O novo cartão irá levar cerca de quinze dias para ser emitido e enviado para a sua residência. Você deve informar corretamente os dados do seu endereço para que o seu novo cartão cidadão seja enviado.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE COTAS?

Boa parte dos vestibulares, provas e exames em geral, utilizam cotas sociais e raciais. Embora gere polêmica em alguns casos, essa política é aplicada como forma de igualar a disputa entre todos os candidatos. Principalmente nos programas do governo, como o SISU 2019, uns dos principais processos seletivos que tem um grande número de inscritos disputando por poucas vagas.

O que são as cotas?

Criada em lei federal, a política de cotas tem como principal finalidade igualar a disputa dos processos seletivos. Dentro dos inscritos estão pessoas de classe social mais alta e classe social mais baixa.

O sistema de cotas garante que 25% das vagas das universidades federais e instituições públicas, sejam reservados aos candidatos que estudaram na rede pública.

Dessa forma, dentro da lei existem os seguintes tipos de cotas:

  • Cotas sociais: estudantes de escola pública, candidato em condição de baixa renda e pessoas com deficiência;
  • Cotas raciais: pardos, negros e índios.

Por que o sistema de cotas é importante?

Em dezembro de 2018 o portal de notícias G1 divulgou uma pesquisa realizada pelo IBGE. Segundo o Instituto, 79,2% dos estudantes que cursaram o ensino médio completo em rede privada iniciam a formação em curso superior.

Enquanto isso, a marca dos estudantes da rede pública que começam uma graduação é de 35,9%. Menos que a metade, comparado aos alunos do sistema particular.

Vários fatos explicam essa questão, além da comparação de conteúdo e qualidade das aulas aplicadas aos estudantes, o perfil socieconômico também influência. Considerando que um curso superior, embora em uma instituição pública, gera gastos.

Outro ponto abordado pela pesquisa é que para os estudantes brancos as chances de ingresso no ensino superior é de 81,9%. Enquanto que para os negros é de 71,6%. Por isso a importância de reservar vagas específicas para candidatos nesse perfil, já que este encontra muitos obstáculos ao longo do caminho.

Programas com política de cotas

O governo federal, junto com os administradores da educação, vêm criando formas de aumentar as chances da conclusão do ensino médio e início do ensino superior. Um exemplo é o incentivo para que os adultos inscrevam-se no SISU 2019

Outros programas do governo que participam da política de cotas são:

  • Enem;
  • Prouni;
  • Fies.

Como tirar nota máxima em redação de grandes provas?

Todas as grandes provas que são anunciadas anualmente, irão dispor não somente de uma prova de avaliação com questionários, como também uma folha de redação. Esta etapa terá um peso muito grande na sua nota final e por isso, se sair bem na redação é indispensável.

Para quem quer alcançar nota máxima deste requisito de avaliação, vale lembrar que você pode aplicar algumas dicas a fim de garantir o seu sucesso. Veja  a seguir como tirar nota máxima em redação de grandes provas.

Qualquer redação, seja para o ENEM, ENCCEJA ou qualquer outro exame, terá critérios de avaliação para julgar cada texto escrito. E por isso, você deve observar estes critérios e aperfeiçoar o seu desempenho em cada um deles. Veja a seguir quais são eles:

Margens e Letra Legível

Muita gente não valoriza este ponto de avaliação da redação, mas é importante que você mantenha a sua escrita dentro da margem, assim seu texto não ficará mal elaborado. A pessoa que irá corrigir a sua prova não terá tempo nem preocupação em entender a sua letra, portanto, o ideal é escrever de maneira legível e garantir o entendimento de toda estrutura.

Acentuação e Pontuação

Um critério de avaliação fundamental é a gramática, portanto, é indispensável que você saiba utilizar de acentuação e pontuação corretamente. Uma boa dica é ler bastante e estudar as regras gramaticais atuais.

Coesão e Coerência

Para todo e qualquer texto que você escrever, é necessário se utilizar de coesão e coerência. A coesão garante que você não se contradiga na sua fala e tudo esteja verídico com a sua proposta. Enquanto a coerência dirá respeito à pessoa, nome, gênero, número das palavras que você usar.

Criatividade

Você deve lembrar que estará participando destas avaliações junto a diversos outros candidatos e ter um destaque na redação pode lhe proporcionar vantagem. A dica é usar toda a sua criatividade e mencionar pontos e propostas novas que sejam coerentes com o texto.

Poder Argumentativo

A base da redação de grandes provas é o poder argumentativo. Portanto, saber se posicionar quanto a um assunto, afirmando e defendendo o sue ponto de maneira impessoal vai ser fundamental para um bom texto.

Norma Culta da Língua

Para garantir uma nota alta na redação, é preciso usar corretamente a norma culta da língua portuguesa. Isto não quer dizer que você precisa escrever palavras difíceis, mas usá-las corretamente, sem mencionar palavrões, gírias da internet ou abreviações.