QUAIS SÃO OS TIPOS DE COTAS?

Boa parte dos vestibulares, provas e exames em geral, utilizam cotas sociais e raciais. Embora gere polêmica em alguns casos, essa política é aplicada como forma de igualar a disputa entre todos os candidatos. Principalmente nos programas do governo, como o SISU 2019, uns dos principais processos seletivos que tem um grande número de inscritos disputando por poucas vagas.

O que são as cotas?

Criada em lei federal, a política de cotas tem como principal finalidade igualar a disputa dos processos seletivos. Dentro dos inscritos estão pessoas de classe social mais alta e classe social mais baixa.

O sistema de cotas garante que 25% das vagas das universidades federais e instituições públicas, sejam reservados aos candidatos que estudaram na rede pública.

Dessa forma, dentro da lei existem os seguintes tipos de cotas:

  • Cotas sociais: estudantes de escola pública, candidato em condição de baixa renda e pessoas com deficiência;
  • Cotas raciais: pardos, negros e índios.

Por que o sistema de cotas é importante?

Em dezembro de 2018 o portal de notícias G1 divulgou uma pesquisa realizada pelo IBGE. Segundo o Instituto, 79,2% dos estudantes que cursaram o ensino médio completo em rede privada iniciam a formação em curso superior.

Enquanto isso, a marca dos estudantes da rede pública que começam uma graduação é de 35,9%. Menos que a metade, comparado aos alunos do sistema particular.

Vários fatos explicam essa questão, além da comparação de conteúdo e qualidade das aulas aplicadas aos estudantes, o perfil socieconômico também influência. Considerando que um curso superior, embora em uma instituição pública, gera gastos.

Outro ponto abordado pela pesquisa é que para os estudantes brancos as chances de ingresso no ensino superior é de 81,9%. Enquanto que para os negros é de 71,6%. Por isso a importância de reservar vagas específicas para candidatos nesse perfil, já que este encontra muitos obstáculos ao longo do caminho.

Programas com política de cotas

O governo federal, junto com os administradores da educação, vêm criando formas de aumentar as chances da conclusão do ensino médio e início do ensino superior. Um exemplo é o incentivo para que os adultos inscrevam-se no SISU 2019

Outros programas do governo que participam da política de cotas são:

  • Enem;
  • Prouni;
  • Fies.

Como tirar nota máxima em redação de grandes provas?

Todas as grandes provas que são anunciadas anualmente, irão dispor não somente de uma prova de avaliação com questionários, como também uma folha de redação. Esta etapa terá um peso muito grande na sua nota final e por isso, se sair bem na redação é indispensável.

Para quem quer alcançar nota máxima deste requisito de avaliação, vale lembrar que você pode aplicar algumas dicas a fim de garantir o seu sucesso. Veja  a seguir como tirar nota máxima em redação de grandes provas.

Qualquer redação, seja para o ENEM, ENCCEJA ou qualquer outro exame, terá critérios de avaliação para julgar cada texto escrito. E por isso, você deve observar estes critérios e aperfeiçoar o seu desempenho em cada um deles. Veja a seguir quais são eles:

Margens e Letra Legível

Muita gente não valoriza este ponto de avaliação da redação, mas é importante que você mantenha a sua escrita dentro da margem, assim seu texto não ficará mal elaborado. A pessoa que irá corrigir a sua prova não terá tempo nem preocupação em entender a sua letra, portanto, o ideal é escrever de maneira legível e garantir o entendimento de toda estrutura.

Acentuação e Pontuação

Um critério de avaliação fundamental é a gramática, portanto, é indispensável que você saiba utilizar de acentuação e pontuação corretamente. Uma boa dica é ler bastante e estudar as regras gramaticais atuais.

Coesão e Coerência

Para todo e qualquer texto que você escrever, é necessário se utilizar de coesão e coerência. A coesão garante que você não se contradiga na sua fala e tudo esteja verídico com a sua proposta. Enquanto a coerência dirá respeito à pessoa, nome, gênero, número das palavras que você usar.

Criatividade

Você deve lembrar que estará participando destas avaliações junto a diversos outros candidatos e ter um destaque na redação pode lhe proporcionar vantagem. A dica é usar toda a sua criatividade e mencionar pontos e propostas novas que sejam coerentes com o texto.

Poder Argumentativo

A base da redação de grandes provas é o poder argumentativo. Portanto, saber se posicionar quanto a um assunto, afirmando e defendendo o sue ponto de maneira impessoal vai ser fundamental para um bom texto.

Norma Culta da Língua

Para garantir uma nota alta na redação, é preciso usar corretamente a norma culta da língua portuguesa. Isto não quer dizer que você precisa escrever palavras difíceis, mas usá-las corretamente, sem mencionar palavrões, gírias da internet ou abreviações.